Buscar
  • Isabelle Dossa

NUTRIÇÃO

Atualizado: 15 de Mai de 2019

Especialidade médica que estuda, pesquisa e avalia os benefícios e malefícios causados pela ingestão dos nutrientes, a nutrologia trata e equilibra, visando a manutenção da saúde, ajudando a ter autonomia e a se alimentar de forma mais consciente.


A Nutrologia Médica, é a especialidade que estuda, pesquisa e avalia os benefícios e malefícios causados pela ingestão dos nutrientes.

O nutrólogo aplica este conhecimento á necessidades orgânicas de cada paciente, trata e equilibra, visando a manutenção da saúde e redução de risco de doenças, assim como o tratamento das manifestações de deficiência ou excesso, aliado a uma abordagem focada no indivíduo e na sua relação com a comida, ajudando a ter autonomia e a se alimentar de forma mais consciente.


Ajudar os outros a descobrir o prazer de se alimentar saudavelmente é o meu propósito através da Nutrologia

Qual é o papel do Nutrólogo?

Quando se pensa aos motivos pelos quais consultar um nutrólogo, muitas vezes se pensa em perda de peso. Mais muitos outros motivos podem levar a uma consulta de Nutrição.


1. Busca de longevidade com qualidade de vida

O aumento da longevidade humana juntamente com o envelhecimento da população pode ser considerado o fenômeno mais importante a nível mundial da atualidade, com sérias implicações de saúde. O Brasil vivencia esse fenômeno de forma muito mais acelerada do que os países mais desenvolvidos. Em 2050 no Estado de São Paulo, o número de centenários será dez vezes maior.

Todos sabemos e Inúmeras pesquisas apontam para importância da Alimentação como fator de envelhecimento saudável  E também muitos estudos de população longevas nos ensinam muito sobre os comportamentos associados desejáveis.

Queremos longevidade sim mas com qualidade de vida! 

Posso ajudar a mudar a sua rotina alimentar e privilegiar uma alimentação saudável e prazeirosa para promover Bem Estar, Saúde e longevidade e envelhecer livre de doenças, com vitalidade e imunidade preservada. Vamos juntos Identificar possíveis “erros” alimentares, hábitos de vida ou estados orgânicos, entendendo a complexidade das interrelações entre nutrientes-nutrientes, nutrientes-medicamentos e de mecanismos regulatórios orgânicos. Vamos juntos identificar o prazer de se alimentar de forma saudável!



2. Proteger a saúde cardiovascular

Em uma década no Brasil, 3,5 milhões de mortes foram provocadas por problemas no coração a as mulheres são as principais vítimas de infartos.

Colesterol e triglycerides anormalmente elevados ou baixos, Hipertensão arterial, Angine de peito e outras são ameaças.

Pela alimentação podemos prevenir, amenizar ou tratar (e curar) hipertensão arterial e doenças cardiovasculares e assim diminuir medicações que por sua vez provocam efeitos colaterais e/ou desequilíbrios de outros sistemas de regulação.



3. Melhorar a saúde digestiva

As dores de barriga e dores intestinais provocam um verdadeiro desconforto e provocam perda de vitalidade e mudança de humor. Muitos destes sintomas podem ser aliviados com uma alimentação adequada e especifica a cada queixa e a cada paciente.

Podemos aliviar os sintomas, melhorar o estado geral de Saúde e prevenir a aparição ou tratar as principais doenças do aparelho digestivo como refluxo gastroesofágico, constipação ou diarreia intestinal, gastrite ou úlcera gástrica ou duodenal, a esteatose hepática e a síndrome do intestino irritável ou doenças diagnosticadas tais como doença de Crohn ou doença coeliaca.

Vamos aprender a fazer as escolhas certas, a provocar simples mudanças alimentares , a estimular uma  evolução no comportamento e as vezes reequilibrar a microbiota ou suplementar com complementos quando necessário, e conseguiremos diminuir sintomas e até tratar sem uso de medicação  que por sua vez desequilibram outros sistemas. Isso é ganho de qualidade de vida !



 4. Prevenir ou controlar o diabetes

Diabetes não é uma doença única, mas um conjunto de doenças que tem uma característica em comum: aumento da concentração de glicose no sangue. O diabetes é frequentemente associado a outras doenças como sobrepeso ou obesidade, e outros distúrbios metabólicos

Uma re-educarão alimentar é fundamental para o controle do diabetes e podemos juntos reduzir o seu peso, a atingir um melhor equilibrio em funçao da sua individualidade e, como consequência, usar doses menores de remédios.

Vamos juntos tornar isto simples e prazeroso!

Adaptado para os Prediabetes, diabetes 1 e 2, diabetes gestational



5. Adaptar a alimentação da mulher

Da infancia ao termino da vida, as necessidades especificas das mulheres passam por mudancas fortes e a alimentação deve atender as necessidades de cada fase para promover um estado ideal de bem Estar e saúde.   

Alterações hormonais na preadolescência e adolescência, gestão de TPM, prevenção de eventualidade de anemia durante a vida menstrual, necessidades especificas durante a gravidez, amamentaçao com qualidade para mae e bebe, recuperaçao do peso e da vitalidade em pos partum , diminuiçao do colageno, acumulo de gordura abdominal,manutençao da mineralizaçao osséa, sintomas indesejaveis ou exessivos durante o periodo de menopausa, manutençao da memoria e funções cognitivas no envelhecimento, otimizaçao da suplementaçao … São alguns dos problemas especificos que podemos abordar juntos a fim de adaptar e otimizar o funcionamento do seu organismo nas diferentes fases de vida, sempre na observaçao da sua individualidade e do seu prazer.



6. Administrar problemas de comportamento alimentar

Os transtornos alimentares tambem definidos como desvios do comportamento alimentar, designam perturbaçoes com grau variavel de severidade, que tem repercussao negativa na saude fisica e mental.

anorexia nervosa e bulimia nervosa sao os transtornos mais conhecidos mas outros com preocupação excessiva com o peso e a forma corporal ou alimentaçao muito seletiva sao tambem frequente .

Tal preocupação leva os pacientes a se engajarem em comportamentos inadequados que pode ter consequencias sevaras ou graves na manutençao da Saude

Os transtornos alimentares acometem principalmente pacientes jovens (12 a 25 anos) e do sexo feminino (90% dos casos), e as mulheres envolvidas em atividades que exigem manutenção da forma física estão sob maior risco para o desenvolvimento desses quadros.

Amigos e familiares tem uma grande importancia no diagnostico desta situaçao pois os Pacientes com transtornos alimentares costumam ocultar seus comportamentos alimentares e purgativos, assim como as motivações que os levam a apresenta -los, em decorrência de vergonha e medo de serem impedidos de alcançar seus objetivos.

Sao casos complexos que necessitam muitas vezes um tratamento ou abordagem da varios profissionais. Assim Trabalho com outros profissonais para intervir ao mesmo tempo na alimentaçao e na dimensao psicosocial do transtorno. Sempre meu olhar visa a reestabelecer uma alegria de viver e uma connexao com o alimento como fonte de vida e prazer! 



7. Conhecer a Nutrição esportiva

Pra quem? Individuos ativos, Esportistas de alto nivel, Esporte de resistencia, Busca de performance, Aumento de massa muscular, etc … Todos se beneficiaram com a abordagem da nutrição esportiva .

A cada vez que você respira, corre, caminha, dorme, pula, pedala, milhares de células estão agindo e reagindo a tudo que você faz e vive e cada uma delas necessita de inúmeros nutrientes para funcionar bem.

       Que o seu esporte seja recreativo ou mais intenso ou que voce seja um atleta, todos os sistemas e celulas devem funcionar de forma perfeita, e alimentos e nutrientes devem ser adaptados a sua atividade e a sua individualidade. Alem disso voce precisa saber que certos alimentos e nutrientes precisam de outros para agir no organismo de maneira positiva e que outros, ao contrário, conseguem anular efeitos negativos de alguns. 

Alem de liberar a energia necessaria, o alimento proporciona os elementos essenciais para a síntese de novos tecidos (músculos, ossos e gordura) e auxilia na recuperação de lesões ou traumas.Levando em consideraçao as caracteristicas da individualidade e a adaptaçao a intensidade e especificidade de cada esporte, é fundamental avaliar tambem a necessidade de uma suplementaçao para COMPLEMENTAR a alimentação rotineira diária.

Vamos juntos aprender melhor sobre estes funcionamentos!

Não, não é normal sentir enxaqueca, TPM, ter constipação ou ao contrario diarreias  olheiras, depressão, cansaço, queda de cabelo, unhas fracas, rinite, infeçoes a repetiçao e etc., as vezes tem isso há algum tempo e acha que faz parte, mas não é normal e nem saudável!

A nutrição esportiva, alicerce para o desempenho físico, permite alcançar um maior desempenho e performance, aliado à promoção, manutenção e recuperação do seu estado nutricional e da sua saúde.



8. Para de se preocupar com o peso

Perder ou ganhar peso é sempre possivel mas administrar a manutençao deste peso, e ficar estavel pode ser muito desfiador.  Hoje é sabido que as dietas restritivas provocam o famoso efeito sanfona. Os kilos perdidos vao voltar e as vezes se multiplicar. E o mesmo fenomeno acontece para quem, as duras penas, conseguiu aumentar alguns kilos.

Mas se quiser ou precisar perder ou ganhar peso e manter, como fazer? As informaçoes, sites, jornais, livros são tantos … Quem acreditar? Que fazer? Quem seguir?

A primeira regra é aprender a paciencia! Entender que se trata de um processo e de uma transformaçao e que o corpo precisa de tempo e de prazer!

As neurociencias, o estudo de comportamento alimentar nos ensina que  precisamos primeiro fazer as pazes com o nosso corpo e adaptar com tranquilidade o nosso comportamento.

Alem dos necessarios conhecimentos sobre digestão, mecanismos e nutrientes, é preciso enteder que a gestão do peso é ligado a muitos fatores e agir com sutileza e realizar escolhas conscientes e mudancas lentas.

A nutrologia tem por primeiro objetivo de ajudar a entender o conjunto das causas e de amparar no processo de auto conhecimento, de percepçao dos processos que complicam a manutençao do seu peso ou o alcance dos seus objetivos.

Sempre trabalhando a partir dos seus objetivos e da sua individualide, com ferramenta do auto conhecimento e aprimorando os seus conhecimentos em nutriçao, o objetivo seguinte é de ajudar com muita delicadeza a reeducar a sua alimentaçao e aumentar o grau de consciencia o que levara a mudancas de habitos e de estilo de vida com prazer, naturalidade e mais conexão com a sua essencia.



9. Cuidar de Alergias et intolerancias alimentares

Cada vez mais somos bombardeados com opiniões/estudos/pesquisas em que vários alimentos que têm sido consumidos ao longo dos tempos, e que sempre foram tidos como importantes na alimentação, de repente, tornam-se verdadeiros vilões… E claro, acabamos por ficar na dúvida sobre o que fazer… Alergias? Intolerancia? ou simples sensibilidade?Sera que tenho que mudar minha alimentaçao e evitar os viloes tao comentados? Tenho que tirar o gluten, o lactose?

Começando com as alergias alimentares, normalmente mais perigosas, por serem uma resposta imunitária que acontece de forma aleatória e, na grande maioria das vezes, é causada por alergia a proteínas, precisamos entender que ser alérgico a um alimento significa tolerância zero ao consumo do mesmo, porque pode provocar uma reação anafilática que pode até chegar a matar. 

Não tão grave é a intolerância alimentar: essa  reação adversa não imunitária  ocorre devido à presença de determinada substância ou nutriente que não consegue ser completamente digerido devido à falta de enzimas digestivas ou ao excesso do nutriente no trato gastrointestinal.

Já a sensibilidade alimentar é uma "queixa", que se manifesta devido a um conjunto de sintomas que podem apresentar-se de formas variadas: gastrointestinais, distensão abdominal, dor de cabeça, alteração do humor, pele.

Estas situaçoes podem tem consequencias importantes na vida da pessoa que seja crianças (e consequentemente pais cuidadores) ou adultos que se deparam na idade adulta com sintomas que nao entendem. A primeira dificuldade é o diagnostico: Em certos casos demora meses ou até anos para identificar que determinado sintoma é relacionado a sensibilidade ou intolerância.

 Uma vez diagnosticado esse disturbios, podemos aprender a lidar com sensibilidades, a administrar e tratar as intolerâncias. As tecnicas de Nutrologia vao ajudar a eliminar os sintomas, permitir uma vida social normal e viver melhor e muitas vezes a reintroduçao do alimento.

Para as alergias a eliminaçao total do alimento responsavel é obrigatoria mas é importante asegurar que as suas necessidades em diversos nutrientes sejam cobertas apesar da sua limitaçao.

Para ambas situaçoes , aprenderemos tambem a ler os rotulos dos produtos e a saber rastrear os nossos viloes , muitas vezes escondidos em preparos industriais.

O trabalho consistara , nao em limitar a sua alimentaçao mas na procura de identificar e buscar um novo equilibrio ampliando com novas opçoes e possibildades, respeitando as suas necessidades e o seu prazer de comer e de viver !



10. Se tornar Vegetariano ou Vegano com Saude e Prazer

Nos últimos anos ganharam espaço duas dietas que são também um estilo de vida: o vegetarianismo e o veganismo.

O vegetariano, privilegia na sua dieta os produtos de origem vegetal, e basicamente, elimina o consumo de produtos animais. Existe diferentes linhas, sendo as principais a ovolactovegetariana (que usa ovos, laticínios e pode usar mel) e a vegetariana estrita, que exclui da dieta todos os alimentos de origem animal, tais como mel, ovo, laticínios, gelatina, entre outros.

Veganismo como define o site Veganismo.org.br, é uma “uma filosofia e estilo de vida que busca excluir, na medida do possível e praticável, todas as formas de exploração e crueldade contra animais na alimentação, vestuário e qualquer outra finalidade; e por extensão, que promova o desenvolvimento e uso de alternativas livres de origem animal para benefício de humanos, animais e meio ambiente. Na dieta, significa a prática de dispensar todos os produtos derivados em parte ou totalmente de animais”.

Se voce quer se tornar vegetariano ou vegano, ou mesmo se voce ja tem pratica, é importante ter ajuda de um nutrologo, pois nao se trata so de tirar da alimentaçao e substituir, mas bem de mudar o “mind set”, a forma de pensar a sua alimentaçao. Alem de manter o seu equilibrio e vitalidade, é fundamental asegurar que as suas necessidades sejam cobertas (em particular vitamina B12, mas tambem ferro ou calcio ou outros minerais ) e que as funcoes organicas e de defesas nao sejam abaladas. Mas um outro aspecto sera a chave do sucesso: O descobrimento de novos sabores e de formas diferentes de cozinhar: Com ajuda de feramentas simples e de receitas saborosas ira aumentar seu repertório de receitas e acresentar pratos originalmente vegetarianos,

Se trata tambem de um processo, uma transformaçao lenta : Aos poucos seu paladar se acostuma a novas gama de sabores e ingredientes e se adapta protegendo a sua saude e o seu prazer!



11. Cuidar da alimentaçao das Crianças

 A alimentaçao da criança é essential para o seu crescimento e desenvolvimento , o respeito das diferentes fases na alimentaçao do recém nascido, do bebe e da criança , a escolha e oferta dos alimentos e nutrientes adequados a cada momento sao elementos chaves no cuidar dos  nossos filhos. Mas muitos outros aspectos influenciam na forma como a criança se relaciona com a comida, e que determinam as suas escolhas futuras: hábitos, ritmos, comportamentos, ambiente, interação com pais e amigos. O conjunto destes elementos será levado para a vida adulta, motivo pelo qual é tão  importante de construir uma relaçao equilibrada com a comida e transmitir conexão e equilíbrio.

As famílias as vezes perderam o costume de cozinhar , outras se sentem perdidas no meio de tantas informaçoes  contraditorias , outras tem habitos de vida onde o estresse e a falta de tempo leva a uma busca de praticidade, outras ainda sao obcecadas pela equilibrio de nutrientes … Vamos juntos aprender a se re-conectar com alimentaçao de uma forma prazerosa e viver cada fase da criança com naturalidade entendendo o nosso papel para poder asegurar um desenvolvimento e crescimento otimal, transmitir conhecimento, descobrir o prazer , estimular a curiosidade , provocar a vontade de fazer , fomentar o gosto pela convivialidade , ensinar a compartilhar, enteder o processo e participar das tarefas da familia e mais que tudo exercer e ensinar o amor! Vamos tambem reforçar o papel de educador, sem proibir , nem autorisar em excesso mas ensinando, ofertando e mostrando pelo exemplo como é gostoso, prazeroso e importante se conectar com o fato de se alimentar para viver bem ! 


• Permitir uma reconciliação com o ato de se alimentar, identificar o seu comportamento e relacionamento frente a comida, redescobrir o bem estar alimentar, e comer de tudo sem culpa nem frustração.  

 • Trabalhar as questões de fome e saciedade e mudar qualidade e quantidade de alimentos ingeridos.

13 visualizações

​© 2019 ISABELLE DOSSA | Medicina Integrativa . Health Coach

    Acompanhe o conteúdo

    nas redes sociais

    • Black Facebook Icon
    • Black Instagram Icon